Hard Seltzer: A nova tendência de destilados

Você sabe o que é Hard Seltzer? Esse nome diferente é dado a uma variedade de bebida alcoólica que tem feito muito sucesso nos EUA e começaram a ganhar mais espaço em diversos países, inclusive aqui no Brasil. Presente no mercado americano desde 2016, nos últimos tempos a bebida tem se destacado com um crescimento de 43% nos últimos seis anos  – um número muito expressivo de compararmos com os concorrentes. 

A Hard Seltzer nada mais é do que um “refrigerante alcoólico” que tem como características principais ser leve, borbulhante e saboroso. Sua receita é relativamente simples: água gaseificada e suco, extrato ou essência de fruta combinada com algum tipo de álcool, que pode vir de bebidas derivadas da fermentação da cana de açúcar ou do malte da cevada – sim, aquele mesmo da cerveja.

A novidade caiu no gosto de um público que todas as empresas buscam agradar: os millenials – indivíduos entre 18 e 35 anos. Muito antenados em propostas saudáveis e divertidas, esses jovens começaram a ser atraídos por esse produto por conta da sua  ausência de glúten, baixas calorias e carboidratos em índices menores que a cerveja, mas com praticamente o mesmo teor alcóolico entre 4% e 5%. Outros fatores que influenciaram nessa  febre do verão americano foram a sua alta drinkabilidade, seu frescor e preço bem acessível.

Grandes empresas já estão investindo pesado nesse segmento. Logo no começo de 2020, com anúncio no intervalo do Super Bowl, a Ambev lançou a Bud Light Seltzer, uma linha composta de quatro sabores: morango, limão, manga e cereja.  Outra marca expressiva de cervejas, a mexicana Corona, também incluiu em seu portfólio essa tendência e criou quatro opções diferentes: blackberry lime, tropical lemon, manga e cereja. Recentemente, a José Cuervo – líder da categoria tequila – também entrou nessa onda e acaba de lançar a Playamar, a sua versão de seltzer disponível nos sabores limão e grapefruit, Todas essas distribuídas exclusivamente para o mercado americano por enquanto.

Já aqui no Brasil, a enorme Coca-Cola enxergou uma grande oportunidade e se aventurou nesse mundo dos destilados pela primeira vez no país com a Schweppes. Foram lançadas no final de 2019 três versões de bebidas: Gin Tônica, Spritz e Vodca&Citrus. Algumas cervejarias artesanais brasileiras já começam a se interessar por esse nicho e durante os próximos meses teremos avanços e novos investimentos nesse setor. Você poderá conferir essa e outras tendências no ProWine Fórum que acontece dentro da ProWine SP nos próximos dias 20, 21 e 22 de outubro de 2020.

Write a response

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
ProWine São Paulo © 2021 | +55 11 2365-4313 | info@emmebrasil.com.br
Close
wpChatIcon
Facebook
YouTube
LinkedIn
Instagram
%d blogueiros gostam disto: